• Sinpol

Uma história com final feliz graças à ação de dois valorosos Investigadores da Polícia Civil



Na manhã de hoje, 19/02/2019, uma jovem mãe desesperada buscou socorro no 14º DIP (Distrito Integrado de Polícia), dando a notícia de que sua filha recém- nascida havia sido levada do Hospital.

A mãe, Jacira Silva, relatou aos policiais a seguinte história: que há três meses, no município de Manacapuru, interior do Amazonas, recebeu ajuda de Yara Souza, a qual lhe deu guarida em sua residência, a amparando ainda, na alimentação e nas despesas com medicamentos.

Chegada a hora do parto, Jacira e Yara vieram para Manaus, onde a criança nasceu no dia 12 deste mês, Fevereiro.

Ai inicia a parte absurda da história. A “amiga”, por ter feitos diversos benefícios à mãe que acabara de dar à luz, pegou a criança e saiu da maternidade sem avisar nada a ninguém.

Jacira, quando recebeu alta médica buscou ajuda da polícia e chegando ao 14º DIP, onde relatou o ocorrido e acrescentou que saberia de um endereço no bairro da Alvorada no qual possivelmente Yara estaria com a criança.

Prontamente, com elevado espírito público e sem medir esforços, os Investigadores de Polícia Eduardo Corrêa e Silvio Carlos Cavalcante deslocaram-se ao local indicado e lá encontraram Yara Souza e a bebê.

A maestria e o preparo dos agentes públicos evitaram um desfecho lamentável, transformando o enredo num final feliz.

A mãe não quis registrar nada contra Yara porque considerou toda a ajuda recebida durante os três últimos meses de sua gestação e até mesmo no deslocamento à capital.

Em declaração, Eduardo Corrêa e Silvio Carlos se disseram felizes em ter ajudado essa mãe e que essa é mais uma das inúmeras missões hercúleas que o policial passa no seu dia a dia.

** O nome das pessoas são fictícios, para preservar a imagem de mãe e filha.


Colaborou:

Roberleno Braga

Diretor de Imprensa e Comunicação

© 2020 - SINPOL-AM. CSPQ Tecnologia.