• Sinpol

SINPOL PROVIDENCIA CONSERTO EM CONDICIONADOR DE AR DANIFICADO POR VÂNDALO EM DISTRITAL DA ZONA SUL



É público e notório que a Polícia Civil do Amazonas há muito tempo carece de investimentos públicos, sobretudo, no tocante ao seu efetivo e a manutenção nos equipamentos.


Hoje, a falta de pessoal acarreta o fechamento de inúmeras Delegacias que não tem servidores suficientes para prestarem os serviços de polícia investigativa à população amazonense, na modalidade de plantão.


Essas Delegacias, que só funcionam de segunda a sexta e em horário de expediente, sequer têm vigias. Ficam à mercê de sua sorte.


Sorte essa que faltou ao 3º DIP. Indivíduos, quase sempre usuários de drogas, se valeram do fato da Delegacia estar fechada e aproveitaram a ausência de policiais no período noturno para furtar os tubos de cobre do aparelho de ar condicionado da permanência (recepção).


O condensador, que fica pelo lado de fora da Delegacia, não tem nenhuma grade de proteção e é facilmente acessado por que adentra o terreno e, caso queira, diante desse cenário, consegue subtrair peças de um objeto que faz parte do patrimônio público.


Além do prejuízo ao erário, isso vinha gerando transtornos e desconforto aos servidores e usuários dessa dessa Delegacia, haja vista que esse fato redundou na interrupção do funcionamento desse aparelho.


Paralelo a isso, a gestão da PCAM vem alegando não possuir contrato vigente com empresa que possa oferecer o referido serviço nessa unidade policial ou nos diversos outros DIP's e Especializadas que enfrentam casos semelhantes.


Por isso motivo, o SINPOL-AM, na pessoa de seu Presidente Jaime Lopes, ao tomar conhecimento dos fatos ora relatados, atuou rapidamente para resolver o problema, principalmente pelo fato de estarmos passando pelo verão amazônico, onde as temperaturas são bastante elevadas, situação que vinha prejudicando o bom andamento do serviço.


Face a todo esse quadro, Jaime solicitou o apoio da empresa SL Refrigeração no sentido de repor as peças subtraídas e executar os serviços para reestabelecer o pleno funcionamento da máquina refrigeradora. Jaime Lopes enfatizou que embora o dever seja da PCAM, jamais deixaria que os servidores permanecessem condicionados à morosidade e ineficiência dos gestores. Por isso, atendeu ao pedido dos servidores e resolveu o problema.




© 2020 - SINPOL-AM. CSPQ Tecnologia.