• nuventica

SINPOL PROTOCOLIZA EXPEDIENTE NO GOVERNO DO ESTADO SOLICITANDO O ATENDIMENTO DE DIVERSAS DEMANDAS



Na tarde desta quinta-feira (10.03.2022), o Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Amazonas reapresentou pedido, junto à Casa Civil, solicitando uma pauta com o Governador Wilson Lima para tratar de demandas pendentes.


Na última reunião com o Chefe do Poder Executivo, em outubro de 2021, Wilson Lima havia se mostrado propenso a atender os pleitos da categoria, em compromisso firmado com o SINPOL. De lá pra cá o que ocorreu, efetivamente, foi o pagamento da quarta parcela do escalonamento.


Como é notório, o período de vigência da Lei Eleitoral se aproxima e várias demandas precisam ser atendidas antes que este período passe a viger. Dentre as demandas, podemos destacar:


1) Cumprimento dos efeitos da Lei nº 4.576/18. Implementação da 5ª e última parcela do Escalonamento de Investigadores e Escrivães relativo a janeiro de 2022;


2) Modernização da Lei de Promoção para todos os cargos da Polícia Civil nos termos do Processo nº 01.01.022102.010565/2021-85:

2.1 Promoção de acordo com o tempo de efetivo exercício;

2.2 Redistribuição de vagas;

2.3 Reclassificação;

2.4 Promoção.


3) Pagamento do retroativo da data-base dos Servidores Administrativos (Processo nº 01.01.011101.002407/2021-45);


4) Modernização da Lei dos Administrativos nos termos do Processo nº 01.01.011101.002407/2021-45;


5) Pagamento do retroativo da data-base dos Peritos nos termos do Processo nº 01.01.0111101.005783/2021-91;


6) Pagamento do retroativo da data-base dos Delegados;


7) Pagamento do retroativo da data-base dos Comissários;


8) Retirada dos presos de Justiça das Delegacias do interior e criação de unidades prisionais por calha de rio;


9) Convocação dos candidatos remanescentes da ACP nº 0257383-49.2009.8.04.0001;


10) Mestrado para PC com 5 vagas fechadas. Custo: 500 mil/ano pelo grupo;


11) Especialização EAD para os servidores lotados no interior;


Em defesa dos interesses da categoria, o Presidente do Sinpol-AM Jaime Lopes disse o seguinte:


"...A nossa interlocução é feita permanentemente e de maneira respeitosa, contudo, a classe possui pleitos legítimos que necessitam da sensibilidade do Governador para a sua consumação. Entendemos que a classe merece respostas efetivas e o tempo no qual inexistem vedações para os atos administrativos é exíguo. Por isso, precisamos de nova audiência com o Governador até a próxima semana. Os Policiais Civis merecem valorização", finalizou.




0 comentário