• Sinpol

SINPOL COBRA DA SEMSA A ACELERAÇÃO DO PROCESSO DE IMUNIZAÇÃO DOS SERVIDORES DA POLÍCIA CIVIL DO AM

SINPOL-AM COBRA DA SEMSA A ACELERAÇÃO DO PROCESSO DE IMUNIZAÇÃO DOS SERVIDORES DA POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO AMAZONAS:



Na manhã de hoje (19/02) o Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Amazonas protocolizou expediente na Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA Manaus) com o fito de viabilizar a imunização dos servidores da Polícia Civil do Amazonas, ativos e inativos.


Paralelo ao compromisso público firmado pelo Prefeito de Manaus na manhã do dia 17/02/2021, o pedido tem por base a Nota Técnica nº 46/Ministério da Saúde, bem como os Informes Técnicos ocorridos no dia 18 e 19 de janeiro de 2021, os quais reforçam os referidos pareceres no sentido de fortalecer o entendimento de que a atividade policial é essencial, periculosa, insalubre e que, portanto, merece a condição prioritária, face a necessidade de observarmos o princípio da isonomia pois é uma profissão diferenciada.


No caso específico da Polícia Civil há o enfrentamento naquilo que passou a ser chamado de “linha de frente”. Os Policiais estão nas ruas e nas Delegacias atendendo todo tipo de ocorrência, tendo contato com todo tipo de pessoas e se expondo aos riscos do contágio, por isso, é contraditório o Poder Público não oferecer proteção aos agentes que, representando o Estado, cuidam diuturnamente da segurança da população, atuando nos mais advesos contextos.


O trabalho do Sinpol-AM tem sido no sentido de garantir os direitos de seus representados de toda a categoria, independentemente de ser filiado ou não, pois entende que o momento é delicadíssimo e que pensamentos obtusos, não devem balizar quem tem o dever de primar pelo interesse público.


Nesse contexto, é imperioso destacar a falta de compromisso da Gestão da Delegacia Geral, que não responde aos pedidos feitos pelo Sindicato, evidenciando a falta de compromisso com a vida dos servidores, pois a consequência da inércia tem sido as mortes.


A prova induvidosa de que a atual gestão da Polícia Civil é desprovida de elevado espírito público, pode ser conferida por qualquer servidor em dezenas de expedientes formalizados pela entidade sindical na Delegacia-Geral (DESDE MARÇO DE 2020) alertando sobre a necessidade da adoção de medidas preventivas e/ou fornecimento de EPI's e dados para que o próprio Sindicato encontrasse meios para resguardar ou socorrer os servidores, a depender da demanda, entretanto, foram reiteradas negativas, fato que desnudou o desrespeito e a falta de respeito de uma gestão que representa um retrocesso pra classe.


Ainda no início do mês de fevereiro de 2021, o SINPOL-AM protocolou novo pedido de fornecimento dos dados estatísticos na Delegacia-Geral a fim de robustecer demanda judicial para compelir o Poder Público a vacinar a classe Policial, contudo, sabendo a morosidade, a ineficiência e a má-vontade eram previsíveis e, ainda, que o tempo para vacinar os servidores da PCAM é exíguo, a equipe técnica do SINPOL/AM buscou, em um trabalho hercúleo, obter, por meio do portal da transparência, a lista de todos os servidores, ativos e inativos, da Polícia Civil para, desta forma, fornecer os dados necessários a Secretária de Saúde, agilizando os atos preparatórios para a imunização da classe.


Toda essa documentação já está nas mãos das autoridades municipais competentes e esperamos que a imunização ocorra o mais breve possível.


O Presidente do SINPOL/AM falou ao Portal sobre uma atuação em parceira com a Prefeitura de Manaus:


“...O momento exige total prioridade para a efetivação do tema que ora discutimos. Desde o início, a nossa Diretoria tem atuado de forma heróica para defender os servidores. Já passamos por várias fases, já agimos de diversas maneiras e, por isso, apesar de termos perdido muitos irmãos, tenho a convicção que a nossa intervenção foi fundamental para salvarmos outros. Já disponibilizamos EPI's para as Delegacias de todo o Estado, já ofertamos ações em saúde, já viabilizamos leitos, já disponibilizamos oxigênio para os servirdores, já oferecemos consultas, exames, medicamentos e tratamentos, mas, ainda temos muito a fazer. No momento, vacinar é a prioridade, portanto, asseguro que essa ação integrada entre o SINPOL e a Prefeitura culminará com a imunização de todos os Policiais, não apenas Civis, mas também, Militares, Bombeiros, Federais, Rodoviários Federais, Penais e outros. Quando isso acontecer, a minha irresignação e aflição, será mitigada", concluiu.




0 comentário

Posts recentes

Ver tudo