• Sinpol

SINPOL-AM VAI À JUSTIÇA DENUNCIAR O USO DE EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA COM DATA DE VALIDADE VENCIDA



O Sinpol-AM protocolizou no dia de ontem (15/08), junto ao Ministério da Justiça, expediente solicitando providências no sentido de fiscalizar as ações do Delegado Geral de Polícia Civil do Amazonas, que coloca o efetivo policial para atuar em operações policiais, de alto grau de risco, fazendo uso de coletes e munições vencidos.


Casos de policiais civis trabalhando com EPI’s vencidos não são raros. Facilmente encontramos nas diversas delegacias do Estado, agentes da segurança pública colocando suas vidas em risco ao utilizarem coletes balísticos e munições com datas de validade vencidas.


Não obstante a isso, o número de armas de guerra apreendidas, como fuzis de calibre 556 e 762, tem aumentado. O que nos leva a entender que o enfrentamento a esse tipo de material bélico deve ser feito com equipamentos que estejam à altura do poderio de fogo dessas armas de guerra.


Em suma, o Estado deve investir em coletes com grau de resistência maior. Hoje, nas delegacias, os coletes que existem e que ainda estão com data de utilização válida, suportam apenas tiros de pistolas.


O Estado é instado a se manifestar, uma vez que é o responsável por oferecer os recursos necessários ao bom cumprimento do mister dos policiais civis e não tem cumprido suas obrigações.

O Sinpol já demandou, junto à Delegacia Geral, expediente cobrando informações sobre os EPI’s. No entanto o silêncio dos gestores é sepulcral, deixando o servidor à própria sorte.




© 2020 - SINPOL-AM. CSPQ Tecnologia.