• Sinpol

PC prende bando e apreende adolescente com porções de cocaína, pasta base de cocaína e maconha.



A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 14° Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado Christiano Castilho, titular da unidade policial, prendeu em flagrante, na tarde desta quinta-feira (21/2), por volta das 13h, Gilson Ramos da Cruz, 44; Jânio Pereira de Souza, 42; Jorcinei Almeida da Costa, 28; Juliano Jhonne de Oliveira Freire, 25, e Magno Alexsandro Nogueira Rodrigues, 20, com porções pequenas de cocaína, pasta base de cocaína, oxi e maconha. Durante a ação policial, um adolescente de 17 anos foi apreendido por envolvimento na prática ilícita.


De acordo com a autoridade policial, a equipe de investigação do 14º DIP deu início às diligências para localizar os infratores após receber denúncias anônimas sobre um ponto de venda de drogas onde estava um grupo de pessoas reunido, na rua Casiarina, Conjunto Amazonino Mendes, conhecido como “Mutirão”, bairro Novo Aleixo, na zona norte da capital.


"Imediatamente nos deslocamos até o endereço indicado e montamos campana. Observamos uma movimentação suspeita em uma casa em construção, onde os infratores foram encontrados. No local, durantes buscas, apreendemos no lugar 94 kits contendo pasta base de cocaína e pedra de oxi, 72 trouxinhas de maconha, oito trouxinhas de cocaína, uma balança de precisão e material para embalo das substâncias ilícitas", explicou Castilho, que contou ainda com a atuação do Chefe de Investigação Russiam Virgulino Carlos e Divoney Perasa, ambos investigadores atuantes daquele Dip.


Conduzidos à unidade policial, Gilson, Jânio, Jorcinei, Juliano e Magno foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e corrupção de menores. Ao término dos procedimentos cabíveis no 14° DIP, os infratores serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.


Já o adolescente será encaminhado à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai). Ele irá responder por ato infracional análogo aos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas.


FOTO: Divulgação / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.



© 2020 - SINPOL-AM. CSPQ Tecnologia.