• Sinpol

FEPOLNORTE



FEPOLNORTE atua no Congresso Nacional e participa de atos de formação da Frente Parlamentar em Defesa da Segurança Pública e em Defesa da Previdência Social


O Presidente da Federação Interestadual dos Trabalhadores Policiais Civis da Região (FEPOLNORTE), Itamir Lima e outras lideranças sindicais, atuaram fortemente no Congresso Nacional durante toda essa semana, em Brasília. Como umas das agendas, Itamir Lima juntamente com o Presidente da Cobrapol, André Gutierrez, a Presidente da Feipol-CON, Marcilene Lucena, o Presidente do Sinpol-MS, Giancarlo Miranda e os Diretores da Feipol-SUL, Evandro Baroto e Mário Flanir, participou da formação das Frentes Parlamentares em Defesa da Segurança Pública e da Previdência Social.


De acordo com Itamir Lima, em ambas as Frentes o tema da Previdência foi tratado, pois não se pode pensar em uma segurança de qualidade sem a valorização daqueles que a operam. “Não se pode subjugar os trabalhadores sob o argumento de um ‘ajuste fiscal’ que não alcança os poderosos, muito menos corrige privilégios crônicos de uma nação que se acostumou com a política da retirada de direitos e encolhimento do estado, que faz reserva para pagar juros à poderosos. A proposta do Governo extingui a previdência de caráter social e institui uma Previdência que atende aos interesses dos bancos e oprime ainda mais os mais humildes”, explica o presidente da FEPOLNORTE.


Aproveitando a agenda em Brasília, Itamir Lima, apresentou a Lei Orgânica Nacional da Policia Civil a representantes de escrivães de todo o país por meio da Associação Nacional dos Escrivães (Anepol). Durante o evento, que durou aproximadamente de 6 horas, Lima esclareceu dúvidas e respondeu a questionamentos das lideranças sindicais, inclusive alcançando a simpatia e o envolvimento destes no projeto.


O presidente da FEPOLNORTE participou também de reuniões de planejamento na Cobrapol e de reunião da União dos Policiais do Brasil (UPB), para definir ações estratégica das entidades quanto aos próximos passos contra a Reforma da Previdência e por um texto justo aos profissionais da Segurança Pública que alcance o risco, a insalubridade e o estresse de uma profissão, que já suporta a falta de estrutura e o sucateamento do sistema criminal promovido pelos governos federal e estadual nas últimas décadas.


Curta nossa fanpag:

https://www.facebook.com/1392435627475696/posts/2205646509487933/



© 2020 - SINPOL-AM. CSPQ Tecnologia.