• nuventica

DIRETORIA EXECUTIVA DO SINPOL RECORRE AO JUDICIÁRIO PARA TER PLEITOS ATENDIDOS PELO EXECUTIVO




É notório o descompromisso e desrespeito do atual Chefe do Poder Executivo com as classes de Escrivães e Investigadores.


Há tempos que os representantes classistas o abordam em diversos eventos públicos (uma vez que não são recebidos no Palácio) e sempre se deparam com o mesmo argumento: que vai receber, que vai falar com o Flavinho, que vai cumprir as promessas de campanha feitas no SINPOL. Todavia já findou o primeiro semestre e nada da reunião ou o próprio anúncio acontecerem.


Diante dessas incertezas, os membros da Diretoria Executiva do Sinpol-AM buscaram hoje (29/06) apoio do Poder Judiciário.


Na próxima semana, o Desdor. Pascarelli assumirá a Presidência do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas. Diante desse fato, o Presidente em exercício do Sinpol-AM, Renato Bessa, e seus Diretores, expuseram as dificuldades enfrentadas quanto aos direitos da categoria, ao passo que solicitaram ao Desdor. Pascarelli, como já o fez outrora, que interviesse no sentido sensibilizar o Governador a observar as demandas dos Policiais Civis.


Pascareli ouviu atentamente os apontamentos quanto aos pleitos dos servidores e, respeitados os princípios balizadores da administração pública, se comprometeu a contribuir, no que for possível, para o fortalecimento do serviço público. Nesse caso, especificamente, para resolver essa demanda da Polícia Investigativa.


Diretoria Executiva

SINPOL-AM


0 comentário